Quinta do Gradil Aguardente XO

Quinta do Gradil

Quinta do Gradil Aguardente XO

História
Um tesouro bem guardado numa Quinta que em tempos foi pertença de Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal. A história desta aguardente começa em 1970, com a destilação de vários de castas autóctones da Região de Lisboa em Alambiques “Charentais”. Originários da região de Cognac, em França, este tipo de Alambiques é caracterizado pelo seu lento processo de destilação, típico de nobres destilados de elevadíssima qualidade, sem quaisquer vestígios de impurezas.

Enologia
António Ventura e Vera Moreira

Teor Alcoólico
38%

Vinificação
Após a destilação cuidada, esta aguardente estagiou, esquecida e tranquila, durante mais de 40 anos em tonéis de carvalho Português e Francês. 

Notas de prova
O prolongado estágio em tonéis conferiu-lhe a cor âmbar dourada. Com notas de frutos secos e especiarias, harmonizadas com a perfeição que só o tempo consegue, aliadas a uma textura aveludada elegante e complexa.

Prémios de Referências
MELHOR AGUARDENTE DE PORTUGAL - REVISTA DE VINHOS (2014) - 98/100 PONTOS - REVISTA ESCANÇÃO - (2013)


Colecções: Aguardentes

Categoria: aguardente, quinta do gradil

Tipo: Aguardente




Itens Relacionados