PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Quinta do Poeira

Vinho Branco Pó de Poeira . Quinta do Poeira . Douro

Vinho Branco Pó de Poeira . Quinta do Poeira . Douro

A possibilidade de produção de uvas brancas e tintas de alta qualidade na mesma quinta mostra mais uma vez a enorme diversidade do Douro, e como esta diversidade se encontra mesmo em propriedades de pequena dimensão.

Quando estávamos a preparar o terreno para a plantação em 2004 deparámo-nos com 1 ha de terreno que tinha um solo completamente diferente do resto da quinta, mais fundo, menos pedregoso, mais fértil e com maior disponibilidade de água. Esta parcela encontra-se numa zona mais abrigada, com menor número de horas de exposição solar. Pareceu-nos evidente que apesar de estarmos perante terrenos de letra A (considerados com apetência óptima para a produção de vinho do Porto), tínhamos uma oportunidade de produção de uvas brancas de excelente qualidade.

Tal como no tinto tentámos fazer um vinho personalizado, com um aroma expressivo e com uma profundidade e frescura que caracterizam todos os nossos vinhos.

A Quinta do Poeira está situada em Provesende, ao longo de uma encosta no vale do Pinhão, na margem direita do rio com o mesmo nome. A sua exposição a Norte é um aspecto fundamental para o estilo de vinhos que se procura fazer. As temperaturas na região são sempre muito elevadas no Verão, e numa encosta virada a Norte o amadurecimento das uvas é sempre mais lento, preservando melhor os aromas, sabores e a acidez. O Pó de Poeira é a segunda etapa na nossa aventura pelo Douro iniciada em 2001 com a compra da Quinta e a elaboração do primeiro Poeira. A possibilidade de produção de uvas brancas e tintas de alta qualidade na mesma quinta mostra mais uma vez a enorme diversidade do Douro, e como esta diversidade se encontra mesmo em propriedades de pequena dimensão. Quando estávamos a preparar o terreno para a plantação em 2004 deparámo-nos com 1 ha de terreno que tinha um solo completamente diferente do resto da quinta, mais fundo, menos pedregoso, mais fértil e com maior disponibilidade de água. Esta parcela encontra-se numa zona mais abrigada, com menor número de horas de exposição solar. Pareceu-nos evidente que apesar de estarmos perante terrenos de letra A (considerados com apetência óptima para a produção de vinho do Porto), tínhamos uma oportunidade de produção de uvas brancas de excelente qualidade. Tal como no tinto tentámos fazer um vinho personalizado, com um aroma expressivo e com uma profundidade e frescura que caracterizam todos os nossos vinhos.  

Idade das cepas: vinha nova

Castas: Alvarinho e Gouveio

Forma de condução: cordão unilateral

Tipo de solo: xisto

Forma de vindima: manual, para caixas de 20 kgs

Vinificação:cuba inox e barrica de carvalho francês

Fermentação maloláctica: não

Estágio: 50% barrica, 50% inox

Engarrafamento: Maio de 2013

Produção: 2500 garrafas

Álcool: 13.5%

Acidez Total: 5.8 g/L ácido tartárico

Enólogo: Jorge Moreira

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.