PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Quinta Vale D. Maria

Vinho do Porto Reserva . Quinta Vale D. Maria

Quinta Vale D. Maria
Localizada no coração da região demarcada do Douro, no vale do Rio Torto, a Quinta do Vale D. Maria tem uma longa história de mais de 250 anos em mãos familiares. A quinta, comprada em 1996, por Joana e Cristiano van Zeller à família de Joana, tem agora um total de 45 hectares de vinhas (22 hectares de vinhas entre 60 e 90 anos, 18 hectares com 35 anos e 5 hectares com 10 anos), a quinta tem identificadas e plantadas 41 diferentes castas, que cobrem um amplo espectro de variedades tradicionais do Douro - Tinta Amarela, Rufete, Tinta Barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional, Sousão e muitas outras. A empresa produz uma série de Douro tintos e Portos desde 1996.

Os Vinhos do Porto Vale D. Maria
A legislação portuguesa para o sector do Vinho do Porto exige um stock mínimo de 150.000 litros para que as companhias produtoras possam adquirir uvas ou vinhos a terceiros. Enquanto não atingirem esse stock mínimo, os produtores-engarrafadores apenas são autorizados a vender vinhos originários das suas próprias vinhas, A Quinta Vale D. Maria, dispondo já de 40 hectares de vinhas, tem envelhecido Vinhos do Porto da sua própria produção desde 1996. Mas ainda terão de passar alguns anos até que venha a acumular os necessários 150.000 litros de stocks de vinhos do Porto. Até esse momento, estabelecemos parcerias com alguns agricultores e produtores de Vinhos do Porto para produzirmos os nossos Portos Tawny de idade.

Condições:
2014 caracterizou-se por uma média de precipitação acima do comum, particularmente em Janeiro, Fevereiro, Julho e Setembro. Durante o verão ocorreram trovoadas nos meses de Junho e Julho, com a temperatura média em Janeiro acima da média e um Agosto mais fresco do que as médias registadas de outros anos. Durante a primavera e verão houve um cuidado redobrado para evitar o aparecimento de míldio, oídio e podridão, sendo que todas as uvas recebidas apresentaram óptimas condições sanitárias. No início parecia que iriamos ter uma vindima antecipada. No entanto alguma chuva atrasou a apanha, o que diminuiu o álcool provável das uvas. Houve um aumento relativo na produção, sendo que a qualidade se manteve ao nível de todos os grandes anos do Douro.

Origem das uvas:
Umblendde mais de 25 castas tradicionais do Douro diferentes, com predominância da Touriga Franca, da Touriga Nacional, da Tinta Roriz e da Tinta Barroca, mas onde se encontram, entre outras, o Rufete, a Tinta Amarela, a Tinta Francisca, o Sousão, e muitas outras, procedentes das vinhas velhas e das plantações mais novas da Quinta Vale D. Maria, com idades entre os 25 anos e superiores a 60 anos, vinhas com exposição Sul, Sudeste, Sudoeste, Nascente e Poente.

Vinificação e envelhecimento:
As uvas são pisadas a pé, antes da fermentação, com incorporação de 15% do total de aguardente a adicionar. Isso permite uma maceração das uvas a temperaturas mais baixas, e durante um período de tempo mais extenso antes da fermentação. Quando o mosto está pronto para a fortificação, esta é feita de uma só vez, adicionando a aguardente ao mosto e películas no lagar. Uma nova pisa assegura uma boa homogeneização e a paragem completa da fermentação. O mosto e aguardente permanecem no lagar por mais dois a quatro dias, com uma pisa muito ligeira de 10 minutos duas vezes ao dia. É tirado para os tonéis junto com as prensas. Os vinhos envelhecem em tonéis muito antigos (mais de 100 anos) de carvalho e castanho, e em pequenas cubas de aço inoxidável até ao mês anterior ao engarrafamento.

Engarrafamento:Julho 2016, em 5.869 garrafas 75cl. Sem colagem nem filtragem.

Notas:
O Quinta Vale D. Maria Reserva Porto Lote N.o 14 é 100% produzido com vinhos do Porto da colheita de 2014. Um Porto com grande estrutura e intensamente frutado, com taninos suaves e maduros. Especificamente concebido para envelhecer em garrafa durante muitos anos, pode no entanto ser apreciado desde já.

Enólogos: Cristiano van Zeller / Joana Pinhão / Francisca van Zeller

Análise:
Álcool: 20% vol
Baumé: 3,6°
Acidez total: 3,9 g/l
Acidez volátil: 0,20 g/l
pH: 3,67
SO2 total: 71 mg/l
Açúcares residuais: 102,0 g/ll

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.