PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Quinta De La Rosa

Vinho do Porto Ruby Lote 601 da Quinta De La Rosa

Vinho do Porto Ruby Lote 601 da Quinta De La Rosa

Castas:
Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinta Barroca e Tinta Roriz.
Uvas da Quinta de la Rosa, em que as vinhas possuem a classificação máxima: letra A.

Sugestões de Prova:
Para ser bebido agora ou até 3 anos depois de engarrafado.
Pode ser servido como aperitivo ou depois do jantar. Experimente-o fresco.

Notas de Prova:
É rico, com uma cor vibrante, grande profundidade, encorpado e frutado. Tem um final de boca prolongado. Seguindo o perfil dos vinhos da Quinta de la Rosa não é demasiado doce.  

Notas de Produção:
Os vinhos do Porto da Quinta de la Rosa seguem o estilo tradicional: fermentados com pisa a pé em lagares de granito e estagiados em balseiros e pipas (cascos de carvalho de 550 litros) de madeira muito antigos.  Tal como acontece com os DOC Douro desta casa duriense, procuramos a harmonia e o equilíbrio das nossas uvas na vinha, para que se possam expressar de forma livre na garrafa.
Este Ruby é singular, na medida em que é produzido , exclusivamente, a partir de uvas plantadas em vinhas de categoria A (todas as vinhas da Quinta de la Rosa têm esta classificação); normalmente usadas para produção de LBV e Vintage. Caso raro, tendo a maioria dos Ruby uvas de categoria B a D e, portanto, tendem a ser menos concentrados.
Muitos dos nossos clientes disseram-nos que o nosso Ruby era demasiado bom, para ser denominado de Ruby. Então, decidimos baptizá-lo com o número do lote que usamos para o fazer: “Lote 601”.

Qualidade e Segurança-Ambiente:
Na Quinta de la Rosa pratica-se uma agricultura sustentável, certificada pelas entidades ADVID e SATIVA. Os vinhos não contêm, não foram produzidos a partir de, e não incluem substâncias com origem em Organismos Geneticamente Modificados. Não são usados quaisquer produtos provenientes de animais.

Maturação e Engarrafamento:
O Ruby resulta doblendcom outros vinhos do Porto, de vários anos e envelhecidos e mantidos nos tonéis ou em cubas. O resultado é um Porto jovem, frutado e vibrante com uma média de 3-4 anos. De ano para ano, a mistura terá sempre a mesma combinação.
Na Quinta de La Rosa os vinhos do Porto são armazenados e engarrafados no Douro e não em Vila Nova de Gaia, como acontece na maioria das Casas, permitindo um traço singular desde a apanha da uva até ao vinho em garrafa.

Alcool: 19,5%

Acidez: 3,8 g/dm3

Ph: 3,7

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.