PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Taylor´s

Vinho do Porto Taylors Vintage 2016

O padrão climatérico durante as épocas de crescimento e maturação teve um efeito decisivo no carácter dos vinhos de 2016, conferindo-lhes elegância, requinte, acidez e taninos magníficos. A Primavera foi excepcionalmente húmida, com chuvas fortes e condições relativamente frias durante os meses de Abril e Maio. Como resultado, houve uma reposição das reservas de água no subsolo que tinham sido esgotadas devido à seca do ano anterior e que ficaram disponíveis para o Verão quente que se seguiu. No entanto, as condições húmidas da Primavera também provocaram perda de fruto em algumas áreas, levando a uma redução significativa nos rendimentos e provocando atraso no início da maturação.

O pintor chegou tarde, com os primeiros sinais visíveis por volta da segunda semana de Julho. A partir do início de Julho instalou-se o tempo quente e seco que continuou praticamente até ao fim do mês de Setembro. Apesar do calor, a maturação foi uniforme e gradual. Devido ao tardio início da maturação, no final de Agosto, as uvas estavam ainda longe de maduras. Algumas chuvas em meados de Setembro ajudaram a terminar a maturação.

Os produtores que atrasaram a vindima até depois das chuvas foram recompensados com uvas em perfeitas condições, beneficiando de noites frescas que ajudaram a prolongar os tempos de fermentação, permitindo uma extracção suave. As primeiras uvas foram vindimadas na Quinta de Vargellas da Taylor's no dia 17 de Setembro, seguindo-se as quintas do Vale do Pinhão a começar nos dias 23 e 26, respectivamente.

Notas de Provas
Cor púrpura profunda com um fino bordo magenta. Intensos aromas de puros frutos silvestres e notas frescas de maçã verde, ameixa e framboesa. À volta do núcleo de viva fruta está uma inebriante aura de esteva e ervas. Mais em profundidade, notas exóticas de cedro e jasmim dão uma dimensão extra de complexidade. O vinho tem uma atractiva elegância e muscularidade, com taninos vigorosos e lineares que se fundem perfeitamente no palato e que sustentam o vinho com grande firmeza. Muito vigoroso pela sua atrevida acidez, apresenta os intensos sabores de bagas num final muito prolongado. Embora as notas dominantes sejam de requinte e equilíbrio, o vinho exibe o vigor contido e a resiliência que são as marcas do estilo da Taylor’s.

Pontuação: 100 (29-05-2018)
James Suckling

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.