PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Quinta De La Rosa

Vinho do Porto Vintage Quinta De La Rosa

Vinho do Porto Vintage Quinta De La Rosa

Castas:
Vinhas Velhas, Touriga Nacional, Touriga Franca e algum Sousão de “letra A”.
Provenientes dos mais antigos patamares da Quinta de la Rosa.
Todas as vinhas da Quinta de la Rosa estão em terroir de classificação máxima: A.

Sugestões de Prova:
O Quinta de la Rosa Vintage 2014 vai envelhecer bem durante muitas décadas, embora esta seja uma colheita mais leve e acessível, o que permite o seu consumo enquanto jovem.
Para beber como digestivo, numa harmonização com queijo ou chocolate, ou mesmo a solo.

Notas de Prova:
Aroma típico de um Porto Vintage jovem de um ano fresco, muito aromatico e intenso com lícor de cereja, chocolate e esteva.  Na boca é um vinho licoroso e sedutor, perfeito para ser bebido jovem pois tem taninos suficientes para lhe garantirem a estrutura e longevidade de um vintage, mas não tantos que lhe bloqueiem os aromas e sabores nesta fase tão inicial da sua vida.

Notas de Produção:
A vinha aguentou-se surpreendentemente bem num ano com tantos desafios. A floração deu-se tarde e a região do Douro foi atacada pela praga da traça-da-uva e por oídio. O Verão foi mais fresco e húmido que o normal. Registaram-se inúmeras trovoadas. Especialmente no início do Verão, ocorreram algumas tempestades de granizo, que provocaram buracos nas folhas e afectaram a parte mais alta da vinha. A vinha de Lamelas foi bastante atingida, tendo-se registado uma perda de 20% da colheita. Em geral, a vinha recuperou de uma forma impressionante.

Numa avaliação feita a meio de Agosto, previa-se um atraso de duas semanas para o final da floração e início da vindima. Felizmente, seguiram-se dias de calor intenso, que ajudaram ao início da vindima, que na Quinta de la Rosa aconteceu de forma gradual a partir de dia 25 de Setembro (relativamente tarde em relação a  anos recentes). A primeira casta a ser vindimada foi, pela sua delicadeza, a Touriga Franca. Seguiram-se uns dias de sol maravilhosos, mas depois houve a ocorrência de muitas trovoadas, acompanhadas de chuva durante a tarde ao longo de cerca de duas semanas. De tão forte e persistente, a chuva chegou mesmo a obrigar que se parasse a vindima, que apenas viria a terminar a 9 de Outubro.

Qualidade e Segurança-Ambiente:
Na Quinta de la Rosa pratica-se uma agricultura sustentável, certificada pelas entidades ADVID e SATIVA. Os vinhos não contêm, não foram produzidos a partir de, e não incluem substâncias com origem em Organismos Geneticamente Modificados. Não são usados quaisquer produtos provenientes de animais.

Maturação e Engarrafamento:
Este Vintage foi pisado a pé em lagares de granito com controlo de temperatura durante três a quatro dias. Os lotes mais complexos de 2014 foram mantidos durante 18 meses em balseiros grandes de madeira de carvalho, antes de serem misturados.

Engarrafado em Julho de 2016.

Na Quinta de La Rosa os vinhos do Porto são armazenados e engarrafados no Douro e não em Vila Nova de Gaia, como acontece na maioria das Casas, permitindo um traço singular desde a apanha da uva até ao vinho em garrafa.

Alcool: 19,5%

Acidez: 4,8 g/dm3

Ph: 3,6

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.