PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Casa Agrícola Horácio Simões

Vinho Moscatel Roxo Superior Armagnac . Horácio Simões . Península de Setúbal

Família Horácio Simões

Moscatel Roxo – Colheita 2005 - Armagnac

O Moscatel Roxo
É um vinho de sobremesa produzido, na Região de Setúbal demarcada desde 1907. A Casa Agrícola Horácio Simões fundada em 1910 sempre foi sua politica a aposta em produtos inovadores. Nesta casa a aposta numa casta que se encontrava extinta na região e produzir este néctar.

Notas de Prova
Cor:
 Topázio escuro
Aroma: Intenso, Floral, Especiarias e a evolução
Sabor: Redondo, muito macio e fresco


Final de Boca: Muito prolongado

Sugestões de Acompanhamento
Como acompanhamento de uma boa sobremesa servido a uma temperatura de 18oC. 



Guardar

Deve ser guardado ao alto, em local seco com uma temperatura constante (10-20oC), e longe da luz directa. 



Dados Técnicos
Classificação: Tipo:
Região:
Área de Vinha: Tipo de Solo: Produção de Vinho:
D.O.C
Generoso Setúbal
2,5 ha. Argilo-Calcários 4000 Litros


Análise Físico-Química
Teor de Álcool 18,5% | Acidez Total 6.3 gr/ácido tartárico | Açúcar residual 167,5gr/l  | pH 3,3

Vinificação
Este Moscatel Roxo resulta de um trabalho intenso repartido entre a vinha e a adega. A vinha foi acompanhada e mimada durante todo o tempo para que os rendimentos não excedessem os 2500 litros/ha e as uvas chegassem á adega no estado sanitário e maturação ideal.
Na Adega foi idealizada uma vinificação “própria” para este produto, distinta da que era habitual nas outras empresas da região. Consiste numa uma intensa seleção de cachos seguida de uma maceração pré-fermentativa durante 5 dias, depois disso deixa-se iniciar a fermentação muito lentamente homogeneamente em toda a cuba atingindo os 3⁄4 da fermentação em 3 dias, beneficiando-se este vinho com as melhores aguardentes vínicas neste caso Armagnac, seguindo-se uma maceração pós-fermentativa de 5 longos meses. O estágio final é realizado em tonel de 6000 litros, onde fica a concentrar.

Enólogo
Luís Camacho Simões

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.