PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Casa da Passarella

Vinho Rosé O Brazileiro . Casa da Passarella . Dão

Nunca se saberá se foi o clima, se foi a terra. Se foi o talento das pessoas que por cá passaram e das suas apaixonantes histórias e personalidades. Ou se terá sido, pura e simplesmente, sorte. Aquela mesma sorte que fez com tudo isto se encontrasse, no mesmo lugar, na altura certa, como uma benção de planetas alinhados, de Sol e chuva e da curiosidade dos homens. Uma coisa é certa. Silenciosa e imponente, a velha montanha tem assistido do alto ao nascimento de grandes vinhos neste pedaço de terra do Dão que tem a seus pés. E se para ela um século e meio é quase nada, no tempo dos homens muita coisa aconteceu desde que a primeira vinha foi plantada e a primeira pedra da Casa foi colocada, algures pelas últimas décadas do século XIX. 150 anos que foram tudo menos monótonos.

Atravessadas por tempos de guerra e paz, abundância e pobreza, partidas e chegadas, esplendor e esquecimento, as terras da Passarella viram história a ser escrita – por muitos e talentosos autores mas sempre com o seu sangue, o vinho. Talvez as lendas não existam e sejam afinal verdade. Talvez a história, de facto, se repita. Ou, pura e simplesmente, talvez a sorte continue do seu lado. Seja como for, com a terra como página em branco, irão continuar a escrever as nossas linhas, colheita após colheita.

País: Portugal.
Região: Demarcada do Dão.
Sub-região: Serra da Estrela.
Clima: Continental Seco.
Solo: Pobre.
Tipo: Granítico.
Castas: Touriga-Nacional e Tinta-Roriz.
Classificação: VQPRD DOC Dão.
Vinificação: Bica aberta com temperatura de fermentação abaixo dos 16ºC.
Teor Alcoólico: 13,3% |Acidez total: 5,58 g/d m3 |Ph: 3,36 | Açúcares totais: 1,6 g/dm3
Cor: Rosa intenso.
Aroma: Rosmaninho, salva com frutas citrinas.
Prova: Equilibrado fresco, com uma acidez vibrante final de boca: Longo e refrescante.
Final de boca: Longo e refrescante.
Gastronomia: Grelhados e saladas, mas fundamentalmente caracterizado pela polivalência gastronómica.
Enólogo: Paulo Nunes.

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.