PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

Vinho Rosé . Quinta De La Rosa . Douro

Quinta De La Rosa

Vinho Rosé . Quinta De La Rosa . Douro

Castas: 
Variedades autóctones tradicionalmente usadas na produção de vinho do Porto: Vinhas Velhas, Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Barroca e Tinta Roriz. 
 
Sugestões para Prova: Pronto a ser consumido. Excelente como um aperitivo refrescante. Dada a sua estrutura, harmoniza bem com comida: saladas, frango e outras carnes brancas.
 
Notas de Prova:
Na Quinta de la Rosa procuramos fazer vinhos harmoniosos, elegantes e que expressem a vinha e as uvas (terroir) na garrafa.
Nesta colheita apresentamos um rosé com uma cor mais pálida do que o habitual, isto porque reduzimos o tempo de contacto do mosto com as películas. No aroma, apresenta atractivos frutos vermelhos com um toque de morangos silvestres. Totalmente seco na boca, este rosé tem uma boa frescura e uma agradável acidez.

Notas de Produção:
A fantástica qualidade de uvas na vindima de 2015 apanhou toda a gente de surpresa. Não tivemos as condições meteorológicas ideais para ter um grande ano mas ficamos muito agradados com as belas uvas que nos chegaram à adega. O inverno e primavera foram secos e com pouca chuva. Um tempo estável que permitiu um boa floração que fez prever uma vindima abundante - boas notícias depois de dois anos com produção relativamente baixa.
O verão foi geralmente quente e com pouca chuva, com a excepção de uma tempestade que tivemos em Maio. Em Agosto as vinhas estavam num intenso stress hídrico. Devido à falta de água, as folhas escureceram e ficaram acastanhadas – especialmente nas vinhas mais jovens com raízes mais pequenas. A boa notícia é que a fruta sobrepôs-se a este stress e entrou na adega com elevada qualidade. A vindima foi longa e lenta. Jorge diz sempre que decidir quando começar o corte da uva é a sua decisão mais importante e este ano não foi fácil. Começamos o corte da uva branca cedo, a meio de Agosto antes da chuva. 
 
Qualidade e Segurança-Ambiente: Na Quinta de la Rosa pratica-se uma agricultura sustentável, certificada pelas entidades ADVID e SATIVA. Trabalhamos segundo os padrões fa Norma BRC – British Retail Consortium (Referencial Global para a Segurança Alimentar). Os vinhos não contêm, não foram produzidos a partir de, e não incluem substâncias com origem em Organismos Geneticamente Modificados. Não são usados quaisquer produtos provenientes de animais.

Maturação e Engarrafamento: Pelo método de “sangra”, o Quinta de la Rosa rosé é feito a partir do primeiro mosto que se obtém na feitoria do vinho do Porto Vintage. Os lagares são cheios com uvas e, antes de serem pisadas, transfere-se o “sumo” para uma cuba de inox, onde decorre a fermentação. Engarrafado em Abril  de 2016.





Itens Relacionados