PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Quinta Vale D. Maria

Vinho Tinto Douro DOC Vinha do Rio. Quinta Vale D. Maria

Quinta Vale D. Maria
Localizada no coração da região demarcada do Douro, no vale do Rio Torto, a Quinta do Vale D. Maria tem uma longa história de mais de 250 anos em mãos familiares. A quinta, comprada em 1996, por Joana e Cristiano van Zeller à família de Joana, tem agora um total de 45 hectares de vinhas (22 hectares de vinhas entre 60 e 90 anos, 18 hectares com 35 anos e 5 hectares com 10 anos), a quinta tem identificadas e plantadas 41 diferentes castas, que cobrem um amplo espectro de variedades tradicionais do Douro - Tinta Amarela, Rufete, Tinta Barroca, Tinta Roriz, Touriga Franca, Touriga Nacional, Sousão e muitas outras. A empresa produz uma série de Douro tintos e Portos desde 1996.

Condições:
2015 foi caracterizado por ser um ano atípico, com um Inverno frio e seco e uma Primavera e Verão excepcionalmente quentes e secos. Particularmente relevante foi a falta de chuva durante a maior parte do ciclo vegetativo, a altas temperaturas entre Junho e Julho. Este clima provocou um adiantamento no ciclo vegetativo, de cerca de 1 a 2 semanas mais cedo do que a média. O Oídio e Míldio não tiveram qualquer impacto sobre a qualidade e a quantidade produzida. Em comparação com a última década, 2015 foi o ano vegetativo mais saudável de todos os outros anos. Nas vinhas mais velhas não se registou stresse hídrico devido à capacidade de vinhas mais velhas para encontrar água. Nas vinhas novas, a falta de água, no entanto não houve queda significativa na produção. A maturação atingiu o ponto para a colheita em algumas das nossas vinhas mais cedo do que alguma vez registado. A colheita começou no dia 26 de Agosto com as nossas uvas brancas no ponto perfeito de maturação e acidez e sob condições meteorológicas magníficas.

Origem das uvas:
Desde a nossa primeira vindima na Quinta Vale D. Maria, em 2006, que identificámos características únicas em cada parcela. Uma delas, a nossa vinha mais antiga, e também a que está a menor altitude e mais perto do Rio Torto, que atravessa o Vale D. Maria, destacou-se desde logo, produzindo vinhos com suaves aromas florais e de especiarias, muito distintivos. Na vindima de 2009 decidimos que pela primeira vez iríamos engarrafar separadamente os vinhos desta parcela tão especial, aos quais demos o nome de Quinta Vale D. Maria “Vinha do Rio”.

Vinificação e envelhecimento:
Todas as uvas do Quinta Vale D. Maria “Vinha do Rio” são pisadas em lagares e fermentam depois durante 7 a 10 dias a temperaturas de 22° a 27°. Os vinhos são tirados a limpo para barricas novas de carvalho francês Allier de 225L (François Frères, Taransaud, e outros), onde se processa a fermentação maloláctica. A selecção final de barricas e a composição do lote processa-se em geral entre Maio e Junho do segundo ano após a vindima. O vinho é normalmente engarrafado duas ou três semanas depois.

Engarrafamento:
Setembro 2017, 2.700 garrafas de 75cl e 63 Magnums de 1,5L.

Notas:
O Quinta Vale D. Maria Vinha do Rio é um vinho com uma cor intensa, com nuances de violeta, roxo e vermelho escuro. Este vinho tem uma complexidade e uma elegância impressionante, que só uma vinha de 100 anos poderá conferir a um vinho. Há uma certa atitude madura deste vinho, que mostra aromas de framboesas, ameixas e cerejas pretas, combinadas com notas frescas de esteva, nenhum sabor demasiado óbvio directo, mas que aparece com uma discrição elegante à medida que o se bebe o vinho e ele evolve no copo.

Enólogos: Cristiano van Zeller / Joana Pinhão / Francisca van Zeller

Análise:
Álcool: 14,8% vol
Acidez total: 4,7 g/l
Acidez volátil: 0,7 g/l
pH: 3,71
SO2 total: 138 mg/l
Açúcares totais: 0,6 g/l

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.