PORTES GRÁTIS para Portugal Continental em compras superiores a €100

0

O Seu Carrinho está Vazio

Quinta da Pacheca

Vinho Tinto Reserva Vinhas Velhas Quinta da Pacheca

O ano vitícola de 2014 foi caracterizado por ser um ano atípico em termos climáticos. Destacou-se a ocorrência de grandes períodos de chuva, especialmente em janeiro, fevereiro, julho e setembro, e grande instabilidade climática no período de verão, com tempestades ocorridas durante os meses de junho e julho. Como conseqüência da evolução das condições climáticas, os controles de maturação da uva realizados até o início de setembro indicaram uma progressão de cerca de duas semanas na fenologia da videira com uvas apresentando bons teores de açúcar, acidez e compostos químicos que levaram à o início precoce da colheita. A Quinta da Pacheca começou a vindimar a 3 de setembro. Em meados de setembro, um novo período de intensa chuva começou e durou até outubro. No entanto, como a colheita começou mais cedo, a maioria dos vinhedos da Quinta já havia sido colhida.

Castas: Este vinho é obtido a partir de uvas das vinhas mais antigas da Quinta da Pacheca, instaladas em meados dos anos 50. Naquela época, as videiras eram plantadas aleatoriamente nas parcelas e as variedades de uvas eram igualmente misturadas naturalmente. Ainda tentamos manter essa tradição nessas vinhas velhas, pois resultam em vinhos de boa complexidade e estrutura aromáticas.

Vinificação: Após cuidadosa selecção pelo seu melhor estado, as uvas foram colhidas para baús de 25kg e enviadas para o centro vinícola onde foram completamente desengaçadas. A fermentação ocorreu durante 9 dias nos tradicionais tanques de pedra granítica de 7 toneladas com passo de pé e remontagens suaves para lixiviação e extração de compostos fenólicos e aromáticos. No final da fermentação alcoólica, o vinho foi transferido para barricas novas e de carvalho francês do 2º ano onde ocorreu a fermentação maloláctica e envelheceu durante cerca de 18 meses.

Notas de Prova: Pacheca Vinhas Velhas revela boa intensidade aromática, muito complexa com notas elegantes de chocolate e frutas pretas, como mirtilo e amora. É muito equilibrado na boca com taninos presentes e madeira bem integrada, com final longo e persistente.

Envelhecimento: 18 meses em barricas de carvalho francês novo e segundo ano

Enólogo: Maria Serpa Pimentel

Álcool: 14%

TUDO O QUE NUNCA PENSOU QUE PRECISARIA.